Buscar
  • FULIBAN

Fuliban/MG apresenta propostas ao Senado Federal para cooperação entre Brasil e Líbano

Aconteceu, no dia 23/09/2021, audiência pública na Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional do Senado Federal, sob a presidência da Senadora Katia Abreu, para debater os conflitos e desafios atuais do Líbano.


A reunião teve a presença dos Senadores Esperidião Amim, Tasso Jeiressati, Simone Tebet, Chico Rodrigues e Nelsinho Trad. Dos Embaixadores, Sra. Carla Jazzar, Encarregada de Negócios da República do Líbano para o Brasil, Sr. Hermano Telles Ribeiro, Embaixador do Brasil junto à República Libanesa, e Sr. Ruy Pereira, Diretor da Agência Brasileira de Cooperação – ABC. Participaram, ainda, Guga Chacra, jornalista e comentarista de política internacional, e o Prof. Hussein Kalout, pesquisador de Harvard e Senior Fellow do CEBRI.


A Embaixadora Carla Jazzar explicou sobre as dificuldades enfrentadas pelo Líbano, a importância da diáspora no Brasil e sobre a proposta de criação de um fundo com a participação das entidades brasileiras para a ajuda humanitária.


O Presidente da Fundação Libanesa Minas Gerais – Fuliban/MG-, Dr. Frederico Aburachid, expressou por meio de mensagem dirigida à Presidente da Comissão de Relações Exteriores, Senadora Kátia Abreu, os agradecimentos da comunidade Líbano-brasileira de Minas Gerais e, ainda, encaminhou como propostas, a necessidade de concessão de visto permanente aos libaneses de forma mais simplificada e humanitária, bem como a celebração do Acordo de Livre-comércio Líbano – Mercosul.


A Senadora Simone Tebet também enfatizou a importância do Acordo de Livre-comércio Líbano Mercosul, com a redução da burocracia e impostos, permitindo que sejam ampliadas as relações comerciais e a geração de empregos.


As propostas apresentadas pela Fuliban/MG farão parte dos estudos do grupo de trabalho presidido pelo Senador Nelsinho Trad como um dos resultados da audiência pública. Também serão objeto de estudo a tributação existente para doações, as proibições para remessa de medicamentos e novas formas de cooperação técnica e humanitária entre os países.


As entidades Líbano-brasileiras tem promovido reuniões através de uma força-tarefa com especialistas de diferentes áreas, denominada “Unidos pelo Líbano”, para formatar um projeto de ajuda sustentável ao Líbano.




61 visualizações0 comentário